Materiais sinterizados – Metalurgia do pó

Materiais sinterizados – Metalurgia do pó

 

GERAL
GRUPO
SUBGRUPO
TIPOS
PRINCIPAIS USOS
Sinterizados Metalurgia do pó
Metal duro
Carbonetos combinados.
WC (Carboneto de tungstênio).
Fabricação de ferramentas de corte.
TiC (Carboneto de Titânio).
Tac (Carboneto de Tântalo).
NbC (Carboneto Nióbio).
Revestimento de TiN (Nitreto de  titânio) ou TiC.
Ferramentas de corte mais duráveis.
Múltiplas camadas.
Revestimento de TiC – Al2O3.
Ligas .
WC + Co
Matrizes para estampagem e moldes para injeção.
Metais refratários
Tungstênio.
W
Filamentos de lâmpadas elétricas e na fabricação de ligas.
Molibdênio.
Mo
Grelhas de tubos eletrônicos, eletrodos de raios X, contatos elétricos.
Tântalo.
Recipientes, tubos, agitadores para a indústria química, lâminas para turbinas a vapor, medicina (ligar ou substituir ossos quebrados e cartilagens destruídas).
Nióbio.
Ni
Aplicações a tubos eletrônicos.
Ligas pesadas
Tungstênio – Níquel – Cobre.
W–Ni–Cu
Recipientes de cápsulas para substâncias radiotivas, rotores de giroscópicos, amortecedores, embreagens centrífugas.
Tungstênio – Níquel – Ferro.
W– Ni–Fe
Tungstênio – Níquel – Ferro – Molibdênio.
W– Ni– Fe-Mo
Materiais porosos
Bronzes .
Baixa densidade
Filtros metálicos, mancais, buchas autolubrifiantes, indústria automobilísticas (geradores, motores de arranque, bombas de água, limpadores de pára-brisas)
Média densidade
Alta densidade
Baixa densidade
Alta densidade
Fe – Cu
Fe – Cu – Sn
Materiais p/ contatos elétricos
Metal-grafita.
Grafita + prata, cobre ou bronze
Fabricação de produtos onde é necessário baixa voltagem e alta corrente.
W – Ag
Contatos elétricos para serviços pesados ou críticos.
WC – Cu
Mo – Ag
W – Cu
WC – Ag
Materiais de fricção
Ligas sinterizadas
Cu – Pb – Sn – grafita – MoS
Sistemas de embreagem e frenagem de equipamentos pesados de terraplenagem, equipamentos militares (tanques de guerra), aviões, prensas, tornos, pontes rolantes.
Fe – Zn – grafita – cromita – SiC
Cu – Sn – Sb – grafita – galena
GERAL
GRUPO
SUBGRUPO
TIPOS
EXEMPLOS / PRINCIPAIS USOS
Sinterizados Metalurgia do pó
Ferrosos sinterizados
Aços sinterizados.
Aços carbonos.
Peças produzidas nas formas definitivas, peças de alta complexidade.
Aço ao cobre.
Aço ao níquel .
Aços inoxidável.
AISI 303, AISI 316 e AISI 410
Peças especiais, de alta complexidade.
Ferros sinterizados.
Fe – Cu – C
Componentes de máquinas de calcular, de armas, brinquedos, aparelhos eletrodomésticos, veículos.
Fe – C – Ni
Materiais magnéticos
Fe – Co – W
Peças polares para motores ou geradores de corrente contínua, instrumentos de medida, núcleo de auto indução.
Fe – Co – Mo
Imãs.
Objetos polarizados.
Ligas não-ferrosas
Ligas de cobre.
Bronze sinterizado.
Peças de alta condutibilidade elétrica, engrenagens, cames, parafusos.
Latão sinterizado.
Alpaca sinterizada.
Ligas de alumínio.
Peças para calibragem de instrumentos de metrologia.
Ferritas sinterizadas
Sintéticas.
Indutores de filtros, transformadores de alta freqüência, núcleos de antenas, indutores variáveis, seletores, núcleos de memória, comutadores.